Rua Polignano A’Mare, 51 - Brás
Cep: 03005-040 - São Paulo, SP

Secretaria
Notícias › 18/08/2020

CRB promove pela primeira vez Semana Nacional da Vida Consagrada em agosto

Semana-VRC4-1-1200x762-c

Pela primeira vez, dentro do Mês Vocacional, a Conferência dos Religiosos do Brasil (CRB) realizou a partir do dia 16, domingo, uma semana, dedicada à vida religiosa, a Semana Nacional da Vida Consagrada, com o tema “Amados e Chamados por Deus”, o mesmo dedicado ao mês vocacional.

Segundo a presidente da CRB, irmã Maria Inês, a iniciativa foi pensada não somente para celebrar no terceiro domingo de agosto, o dia do/a religioso/a, como também destinar toda a terceira semana para celebração, formação e divulgação da vocação à vida consagrada.

A Semana da Vida Consagrada irá ocorrer até 22 de agosto, e em seu decorrer, a CRB preparou quatro momentos à nível nacional, “isto porque também as 20 seções regionais estarão fazendo cada uma a sua programação”, explica irmã Maria Inês.

No dia 19, quarta-feira, das 20h às 21h30, haverá uma análise de conjuntura com o tema “Diálogos Formativos: o Chamado de Deus diante das Circunstâncias atuais”, que contará com a assessoria do Moisés Sbardelotto, doutor em Comunicação.

E no dia 21, sexta-feira, das 20h às 21h30, haverá mais um momento formativo com o frei Vanildo Luís Zugno, com o tema “Diálogos Formativos: Os Conselhos Evangélicos à luz do Sínodo da Amazônia”.

Todas as lives poderão ser acompanhadas no Facebook e Youtube da CRB.

Alegria em ser Consagrada

O portal da CNBB também conversou com a irmã Maria Inês sobre a alegria de ser consagrada. Para ela, que iniciou sua caminhada vocacional muito jovem, com ânimo, no ardor da própria juventude, a alegria é servir aos irmãos especialmente os mais pequeninos, pobres e vulneráveis. “Ingressei na Congregação das Irmãs Mensageiras do Amor Divino e hoje, tendo já celebrado o meu Jubileu de Ouro como consagrada, o sentido é de imensa gratidão ao Senhor, por ter-me chamado e sustentado até aqui”, afirma.

Muitas vezes, em muitas ocasiões, irmã Maria Inês contou que vieram grandes tribulações, desejo de abandonar a caminhada, as incompatibilidades e desafios na missão, seja no Brasil ou em Angola(África) onde foi missionária, mas, sempre a graça de Deus a sustentou e Ele a fortalecia e renovava sua coragem de seguí-lo. “Hoje vivo e viverei em ação de graças. Meu louvor é ao Senhor pois sei que me dará força e coragem na tribulação em todos os dias da minha vida. Ele disse aos Discípulos em alto mar: “Coragem, sou Eu, não tenham medo”(Mt 14,27)”, finalizou a presidente da CRB.

Via CNBB

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.